segunda-feira, 29 de abril de 2013

É hoje! (30/04)


Sidney Silveira
Peço um pouco de paciência aos muitos leitores que continuam a acessar o blog diariamente, em busca de novos textos. Minha vida tem passado por um turbilhão e não tenho tido tempo para dedicar-me ao Contra Impugnantes. Logo este momento passará — e se verão por aqui textos e novidades, algumas das quais já estão sendo preparadas com carinho.

Agora vamos ao que motivou esta postagem: como se vê no cartaz acima, é hoje o lançamento do Protréptico, na livraria Lumen Christi, no Mosteiro de São Bento do Rio. O evento é da Profª. Rita Codá, tradutora da obra de Clemente de Alexandria que traz  breve prefácio de minha lavra. Estarei lá coadjuvando-a e disposto a uma boa conversa com os amigos que aparecerem.

Saudações cordiais a todos.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Curso internacional sobre a Península Ibérica - inscrições abertas


Sidney Silveira
Inscrições estão abertas para o curso à distância "Cultura na Península Ibérica Medieval e Moderna", com certificado emitido pela Universidade de Alicante, na Espanha. Entre os professores brasileiros há nomes como o do meu irmão Ricardo da Costa,  do querido amigo Carlos Nougué e de Bruno Garschagen. As inscrições devem ser feitas no site www.ivitra.ua.es.

Eis a lista do corpo docente e das conferências que perfazem o curso:

1) Apresentação: Península Ibérica: um outro mundo possível?
Dr. Ricardo da Costa (UFES)

2) La Escuela de Traductores de Toledo (siglos XI-XIII)
Dr. Alexander Fidora (ICREA-UAB)

3) Las relaciones entre cristianos y musulmanes en la Edad Media (siglos XI-XIII)
Dra. Ana María Echevarría Arsuaga (UNED)

4) Reconquista y Cruzada en la Península Ibérica. La experiencia castellano-leonesa y el ideal de Tierra Santa, ¿una dicotomía? (siglos XI-XVI)
Dr. José Manuel Rodríguez García (UNED)

5) Las Siete Partidas de Afonso X (1252-1284): o jurídico sob o teologal
Carlos Nougué (Instituto Angelicvm)

6) El pensamiento político franciscano de la Corona de Aragón (siglos XIII-XV)
Dr. Rafael Ramis Barceló (UIB)

7) As traduções brasileiras da literatura catalã: Jaime I (1208-1276), Ramon Llull (1232-1316), Bernat Metge (c. 1340-1413) e a novela de cavalaria Curial e Guelfa (séc. XV)
Dr. Ricardo da Costa (UFES)

8) Ramon Llull (1232-1316): um projeto de vida em prol da conversão dos infiéis
Profesora Eliane Ventorim (UFES)

9) La frontera como espacio dinámico. El caso del Sur de la Corona de Aragón (siglos XIII-XV)
Dr. José Vicente Cabezuelo Pliego (Universidad de Alicante)

10) El interés por la traducción del árabe al catalán en la Edad Media (siglos XIII-XV)
Dr. Francisco Franco-Sánchez (Universidad de Alicante)

11) Latín medieval diplomático en la Península Ibérica
Dr. Juan Francisco Mesa Sanz (Universidad de Alicante)

12) Literatura catalana: la introducción del Humanismo en la Península Ibérica
Dra. Júlia Butiñá (UNED)

13) Literatura de amore. Siglos XIV y XV en la Península Ibérica
Dr. Antonio Cortijo Ocaña (UCSB)

14) Los libros de caballerías a lo divino (siglos XIV-XVI)
Dr. Enric Mallorquí-Ruscalleda (California State U-Fullerton)

15) Las imágenes licenciosas en el arte de la Edad Media tardía y del primer Renacimiento
Dr. Daniel Rico (UAB)

16) Curial e Güelfa: reflejo literario de la presencia de la Corona de Aragón en Italia (s. XV)
Dr. Antoni Ferrando (UV)

17) Ridendo castigat mores. A multifocalidade dos dois Mundos de Gil Vicente (c. 1465-1536) na Psicologia dos Costumes entre a Idade Média e o Renascimento (séc. XVI)
Dr. Ricardo Monteiro (UNIFUTURO)

18) Literatura española. La biografía caballeresca en el otoño de la Edad Media: El Victorial de Gutierre Díaz de Games (siglo XV)
Dr. Rafael Beltrán Llavador (UV)

19) Ausiàs March (c. 1397-1459): su presencia en las coronas de Castilla y Aragón durante el siglo XVI
Dr. Vicent J. Escartí (UV)

20) O ideal hispânico de cruzada e seu prolongamento na conquista do Novo Mundo (séculos XV-XVI)
Prof. Guilherme Queiroz de Souza (UNESP/Assis)

21) Tirant lo Blanc y su proyección europea (siglo XVI)
Dr. Vicent Martines (UA)
22) Camões (c. 1524-1580) e a afirmação da língua portuguesa
Prof. Armando Alexandre dos SANTOS (UNESP-Franca)

23) História e Literatura na Conquista do Brasil (séc. XVI)
Dr. Carlos Vinicius Mendonça (UFES)

24) A filosofia política da Escola de Salamanca (sécs. XVI-XVII)
Prof. Bruno Garschagen (UCP)

25) La mirada de Velázquez (1599-1660)
Dra. Patricia Grau-Dieckmann (ISPJVG)

26) El redescubrimiento de la Edad Media en el siglo XIX: el caso de la Corona de Aragón
Dr. Rafael Roca (UA)

27) Encerramento: O Espelho de Próspero vingou?
Dr. Ricardo da Costa (UFES)

quarta-feira, 17 de abril de 2013

INFORMAÇÃO RELEVANTE: Lançamento do "Protréptico" passou para TERÇA-FEIRA (30/04)

Sidney Silveira
 
Fiquei sabendo hoje que a Livraria Lumen Christi, do Mosteiro de S. Bento do Rio, adiou o lançamento do livro "Exortação aos Gregos", de Clemente de Alexandria — que aconteceria amanhã (18/04) — para o próximo dia 30 de abril. Na ocasião, a profª. de grego clássico Rita Codá, tradutora da obra, receberá alunos e demais convidados para um vinho. Lá estarei também.

Por favor, anotem a nova e definitiva data: 30/04.

domingo, 14 de abril de 2013

“Credo in... unum Deum?” Não, amigos! Conheçam a versão latina do “Credo” da CNBB para a juventude

Sidney Silveira
Muitos jovens têm segurado o rojão. Disso ninguém pode duvidar, pois se trata de uma evidência metafísica. E o têm segurado com admirável firmeza, nas lúgubres noites lôbregas de luar, em que lobisomens anunciam — com estrepitoso uivo — a alegria de prazeres cada vez menos furtivos.
Ora, como o mundo, na cabeça de alguns dos nossos clérigos, é uma irmandade feita de invencível júbilo, algumas de Suas Excelências Reverendíssimas pertencentes à CNBB tiveram a brilhante idéia de transformar em poesia de viçosa fragrância os princípios conformadores de sua fé na moçada. Compuseram o “Credo da Juventude”, conforme nos informa o site Fratres in Unum. Vale a pena conferir o link acima. Há frases que poderíamos inserir entre as grandes éclogas da literatura luso-brasileira, dado o seu caráter bucólico. Isto se não fossem as escorregadelas no manejo dos recursos de que dispõe o idioma de Camões...
Coisas assim:
“Creio no jovem e na jovem que sabe o que quer, que enfrenta a luta, que não foge da raia / (...) Creio nos jovens e nas jovens da Comunidade, do campo, da escola, da periferia, que sabem viver o amor em sua realidade” (...).
Tal escrito não poderia passar em branco, ou seja, sem homenagens condizentes com o seu valor literário-doutrinal.
Pois bem. Um amigo latinista dos bons fez o favor de verter o “Credo da Juventude” para o multissecular idioma litúrgico da Igreja, e o “creio na rapaziada que segue em frente e segura o rojão” transformou-se — por meio de uma alquimia sacral — em credo in sodales qui progrediunt et virgam sustinent flammarum.**
Lindo! Até porque passar ao latim solecismos, anacolutos, erros de concordância e coisas que tais não é mole.
A versão latina do Credo infanto-juvenil da CNBB foi publicada no blog do Pedro Sette, de quem o eminentíssimo latinista é amigo comum. A propósito, com louvável humildade e também por razões sapienciais, o artista escolheu o anonimato e decidiu sobriamente não incluir esta obra entre os seus feitos intelectuais públicos.
Degustem o texto, que começa com a devida apresentação:
“Ecce novum Credo Iuventutis a CNBB editum, quod ab eis favetur confiturum in saecula saeculorum”.

Pelo amor de Deus, leiam! E, se quiserem, podem reunir-se em grupos e ensaiá-lo em gregoriano — para o caso de as autoridades o quererem cantado durante a Jornada Mundial da Juventude. Não esqueçam de cotejar com o original em português deste marco canônico, para uma justa apreciação.
Sem segurar rojão algum, concedo a esse escrito o meu mais bem-humorado nihil obstat, que vale uma nota de três reais...

** Durante uma revisão, perguntei-lhe por que não preferiu o depoente progrediuntur em vez do bem menos usado (embora abonado) progrediunt. Disse ele: "O 'jovem' desse Credo é ativo demais para formas passivas, meu caro... Ademais, tinha que botar alguma esquisitice, senão trairia o original".
Adendo final: Um amigo de notável inteligência e bom humor constante escreveu-me o seguinte: "Imagine Nosso Senhor dando este tipo de ordem: 'Pois, eu vos digo: segurai o rojão e não fujais da raia!'" (citação de I a Modernistas Estultos, capítulo 76, versículo 175). Sim, os números de capítulos e versículos são grandes porque, se colocarmos no papel todas as bobagens dos modernistas tupiniquins, não haverá papel suficiente para tal)".

Eu acresentaria: "Ide e segurai o rojão, para não ficardes na mão". Esta é a sugestão de rima rica para um hit sacro a ser entoado pela Ivete Sangalo na JMJ, em meio a requebros febris...

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Promoção encerrada

Sidney Silveira
Rapidamente recebemos as mensagens dos oito primeiros interessados em adquirir as obras esgotadas aludidas nesta promoção. Em breve, eles receberão as indicações quanto à forma de pagamento, etc.

Muito obrigado!

Venda de livros esgotados


Sidney Silveira
Remexendo os alfarrábios encontrei oito exemplares de três diferentes livros da Sétimo Selo esgotados:

> A Natureza do Bem ("De Natura Boni"), de Santo Agostinho. Edição bilíngüe (latim/português), tradução do Prof. Carlos Nougué e apresentação minha;
> Sobre o Mal ("De Malo, 1º volume"), de Santo Tomás. Edição bilíngüe (latim/português), tradução do Prof. Carlos Nougué; e
> A Política em Aristóteles e Santo Tomás, do filósofo tomista Jorge Martínez Barrera.

Em vista desse achado surgiu a idéia de fazer uma venda casada: adquira os três livros por um total de R$ 105,00 (R$ 35,00 cada). O frete é grátis.

Nós os venderemos às primeiro oito pessoas que enviarem mensagem para contatoangelicum@gmail.com falando de seu interesse em adquirir as três obras e, assim, contribuir com o nosso projeto.

Àqueles que não respondermos fica desde logo o aviso, quanto ao motivo: será porque os exemplares se esgotaram.

Agradecemos o apoio ao projeto! Ele é de fundamental importância para, em breve, apresentarmos novidades editoriais.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Lançamento do Protréptico, de Clemente de Alexandria: quinta-feira (18/04), a partir das 17h30


Sidney Silveira
Convidamos todos os leitores do blog Contra Impugnantes para o lançamento, na próxima semana, do Protréptico, de Clemente de Alexandria — que vem à luz numa belíssima edição bilíngüe (grego/português). Na ocasião, a tradutora Rita Codá receberá os seus alunos e amigos para uma confraternização. Lá também estarei.

LOCAL: Livraria Lumen Christi, no Mosteiro de São Bento do Rio.
DATA: 18/04/2013 (daqui a duas quinta-feiras), a partir das das 17h.

A obra está com excelente preço: R$ 29,00.

Compartilhem a notícia e venham beber um vinho conosco.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Aviso aos leitores do blog

Sidney Silveira

Aos amigos que tentaram — pelo botão Donate, na barra ao lado — fazer nos últimos quarenta dias alguma contribuição ao nosso trabalho via Paypal, e não conseguiram, informamos o seguinte: estamos resolvendo questões burocráticas com o Paypal Brasil e, em breve, esperamos que tudo esteja resolvido.

Neste ínterim, aos amigos que queiram contribuir com a nossa proposta de divulgação de Santo Tomás de Aquino no Brasil, indicamos (enquanto não se resolve a questão com o Paypal) a conta-corrente do Instituto Angelicum:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA: 3106
CONTA: 751-9
OPERAÇÃO: 003

Estamos com vários projetos em vista e, evidentemente, qualquer contribuição é bem-vinda.

Deus lhes pague.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Em primeiríssima mão: "Cosmogonia da Desordem"


Sidney Silveira
Em breve, traremos informações sobre o lançamento do livro acima. Mas resolvemos antecipar desde logo a notícia aos leitores do Contra Impugantes.

Isto explica em parte o fato de não termos tido muitas postagens ns últimos dias.